Geopolítica digital e o futuro dos territórios

"O território digital tem influência maior do que igrejas e países", afirma Thiago Rondon

em 13/02/2020

"O Facebook e o YouTube hoje são maiores que a Igreja Católica e qualquer país que já existiu". Foi com esta provocação que o cofundador do Instituto Tecnologia & Equidade, Thiago Rondon, abriu a trilha "Redefinindo fronteiras em um mundo hiperconectado" na segunda edição do Festival Futuros Possíveis, na Casa Firjan. 

Mais da primeira trilha do Festival Futuros Possíveis
Como a Inteligência Artificial pode ajudar a promover igualdade?
Vamos habitar novos planetas? O homem a caminho de Marte
Uma reflexão sobre nosso papel no universo e no futuro da humanidade

As primeiras palestras da trilha reuniram especialistas focados nos principais desafios geopolíticos de uma sociedade digital e global, e também em desigualdade digital, pesquisas sobre o espaço e o desejo de habitar outros planetas. Juntaram-se a Rondon a queniana Muthoni Wanyoike, cofundadora da Nairobi Women, o brasileiro Ivair Gontijo, engenheiro de Sistemas da NASA, e o artista mexicano e fundador da KOSMICA Nahum Mantra. 

Segundo Rondon, “há 15 anos achávamos que o maior desafio desta época seriam governos autoritários. Hoje vivemos uma distopia cibernética, ligada ao radicalismo e à desinformação. O número de pessoas que acreditam em terra plana é algo a se destacar. O território digital tem influência maior do que igrejas e países. Se o Facebook fosse uma nação, teria 2.3 bilhões de cidadãos”, disse Rondon, que também mediou um bate-papo com os outros palestrantes. Assista à palestra na íntegra! 

Assista também o bate-papo com Ivair Gontijo, Muthoni Wanyoike, Nahum Mantra e Thiago Rondon:

Em destaque
Festival Futuros Possíveis Uma reflexão sobre nosso papel no universo e no futuro da humanidade

Artista multidisciplinar mexicano foi o primeiro a ter uma obra de arte exibida no espaço

em 14/02/2020

Festival Futuros Possíveis Vamos habitar novos planetas? O homem a caminho de Marte

Engenheiro de Sistemas da NASA, Ivair Gontijo fala sobre participação na expedição Curiosity

em 14/02/2020

Festival Futuros Possíveis Como a Inteligência Artificial pode ajudar a promover igualdade?

Queniana Muthoni Wanyoike, cofundadora da Nairobi Women, refletiu sobre o impacto da AI na igualdade entre nações

em 14/02/2020